sobre mim

"A arte da música requer disciplina, paciência, auto-observação e espírito de jovialidade."

o professor

Disciplina e virtuosimo adquiridos na Orquesta aliado ao “gingado” aprendido das rodas de choro. Fernando Oliveira consegue circular por estes diferentes gêneros com grande habilidade.

Formado em clarinente pela Unesp, este instrumentista, arranjador e compositor é clarinetista da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo desde 1989, além de ter passado por diversas orquestas como Sinfônica de Santo André e Orquestra Sinfônica de São Bernardo.

Foi Vencedor durante três vezes do Concurso “Composição, Ritmo e Som” promovido pela Unesp, com as obras para clarinete e piano, quartetos para clarinetes e quinteto. Também exerce trabalhos de arranjos e composições para orquestras, bandas e grupos de câmara, com diversas obras estreadas no Brasil, Estados unidos, Canadá e China.

Participou ainda do “Quinteto Madeira de Vento em 2006 e 2007”, do Encontro Mundial de clarinetistas, do “ClarinetFest” em Atlanta, EUA e Vancouer e Canadá; além de ter atuado em musicais como “Into the Woods” e “Marlene Dietrich”, na cidade de São Paulo.

Seu clarinete tem presença marcante em balés, óperas e musicais, sendo o 1º clarinete junto à Companhia de Balé Cisne Negro. Também integrou a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo em “Atmosferas”, no Auditório Ibirapuera de São Paulo.

Como compositor, Fernando realizou gravações como “Impressões Brasileiras” para o quinteto de clarinetes Madeira de Vento, no ano de 2001, e “Desafio para Flauta Solo”, com Amanda Bonfim, na 4ª Amostra do Conservatório de Tatuí.

vídeos