sobre mim

"O músico do sopro deve encontrar sua voz própria, seu som único."

o professor

Flautista e Saxofonista, João Poleto possui experiência bastante peculiar.

Antes de entrar no gênero do choro, passou grande parte de sua carreira dedicada à composição de trilhas de teatro, obtendo reconhecimento como ganhador do prêmio APCA – Associação Brasileira dos Críticos de Arte, em 1994, com a música da peça “Entre o Céu e o Mar”, e do prêmio Shell 2004 como melhor música, na peça “Bodas de Sange”, com o Grupo Vento Forte.

Iniciou sua carreira no choro com os grupos Bola Preta e Cochichando, com os quais se apresenta regularmente em teatros e bares de São Paulo.

Neste gênero, igualmente é reconhecido, tendo sua composição própria “Taxi-Girl em Manágua”, selecionada no I Festival Nacional de Choro do MIS/RJ - Museu de Imagem e Som.

Foi um dos arranjadores da música “Lama”, de Douglas Germano, finalista do 1º. Festival da Nova Música Brasileira da TV Cultura.

Destaque para participações de João Poleto como o Ano do Brasil na França, ao lado do Quinteto em Branco e Preto e do trombonista Fred Dantas, em que acompanhou o artista baiano Riachão em Paris.

Entre os artistas com quem se apresentou encontram-se nomes e Grupos como Chico Buarque, Carlinhos Vergueiro, Noite Ilustrada, Beth Carvalho, Maria Alcina, Riachão, Elton Medeiros, Ivone Lara, Billy Blanco, Moacyr Luz, Luiz Carlos da Vila, Fabiana Cozza, Ná Ozzetti, entre outros.

vídeos